As buscas na web estão mudando – seu conteúdo precisa evoluir junto

2018-06-06T20:55:55+00:00

O SEO não é o que costumava ser.

Enquanto o mundo da tecnologia avança pelos extraordinários sucessos que a Web 2.0 trouxe aos usuários da internet na última década, todos os olhos agora se voltam para o que vem a seguir. Para a maioria, a única certeza é que a próxima encarnação das tecnologias para web será um divisor de águas.

Enquanto não haja muita gente falando sobre que forma terá a Web 3.0, as bases para futuras disrupções já estão aqui. Inteligência artificial, busca por voz, proliferação de conteúdo audiovisual e resultados hiperlocais prometem desafiar as antigas premissas sobre como as pessoas interagem com a internet.

Se sua empresa conta com o marketing digital para prosperar, você precisará atualizar suas estratégias de conteúdo para refletir essa nova realidade o mais rápido possível. Abaixo, falamos um pouco de algumas tecnologias essenciais neste futuro e como elas devem afetar o elemento de SEO da sua estratégia de marketing vertical.

AI, Aprendizado de Máquina e Pesquisa Semântica

Uma das evoluções mais promissores a ocorrer no mundo da pesquisa na web é a inteligência artificial e sua tecnologia irmã, o aprendizado de máquina. Ambas já causam enormes impactos, e devem desafiar o status quoainda mais nos próximos anos.

Em muitos aspectos, o elemento mais disruptivo dessas tecnologias é sua capacidade de personalização. Em um futuro próximo, a internet será única e pessoal para cada pessoa – da mesma forma que seu algoritmo do feed de notícias do Facebook aprende com o que você interage com mais frequência e reforça essas preferências.

O aprendizado de máquina, mesmo no estado mais incipiente em que se encontra hoje, já promete tornar obsoletas as frequentes atualizações feitas por gigantes como a Google em seus motores de busca. O surgimento de abordagens de pesquisa pessoais e algorítmicas que usam aprendizado de máquina para entregar às pessoas os resultados que realmente querem ver no menor tempo possível terão enormes efeitos nas estratégias tradicionais de SEO baseadas em palavras-chave.

Alcançar uma classificação superior para um termo de pesquisa amplo mas altamente competitivo não importará mais tanto. Muito menos usuários farão buscar por tempos simples como “botas”; vai ser muito mais comum buscar por coisas “Bota de cowboy preta usada tamanho 39”.

Ao mesmo tempo, os mecanismos de pesquisa terão maior capacidade de entender a semântica dessas solicitações. Os geradores de anúncios personalizados do passado mostrariam outras marcas de botas de caubói ao usuário descrito acima, mas as soluções baseadas em IA pode decidir que um resultado mais bem-sucedido seria exibir itens relacionados a roupas equestres, produtos de couro ou chapeis de cowboy.

É importante ressaltar que a maioria desses avanços ocorrerá dentro da própria estrutura do mecanismo de pesquisa. Os recursos de SERP estão ganhando terreno e ficando cada vez mais complexos com o passar do tempo, então é essencial se assegurar que o seu conteúdo está otimizado para oferecer os rich snippets de dados estruturados que o SERP usa.

Prepare-se para a pesquisa por voz

A tecnologia de voz está convencendo mais e mais pessoas que digitar no celular está se tornando tão antiquado quando máquinas de escrever. As tecnologias móveis estão crescendo e se preparando para dominar o ambiente de busca, e um número cada vez maior de usuários tem usado tecnologias de voz que evitam os tradicionais teclados, que ainda resiste como interface padrão entre pessoas e computadores desde a década de 1970.

A popularidade da busca por voz não deve ser surpresa para ninguém – os autores de ficção científica vem prevendo que máquinas e seres humanos conversariam uns com os outros desde os primórdios do gênero. O fato é que é muito mais fácil simplesmente dizer a um computador o que você quer do que digitar uma frase exata – especialmente em um dispositivo móvel que exige atenção visual e táctil.

A pesquisa por voz vai incentivar as pessoas a serem mais específicas do que nunca quando se trata de encontrar o que estão procurando on-line. Para que o seu conteúdo possa (em alguns literalmente) falar com essas pessoas, é necessário usar um tom mais conversacional e focar nas palavras-chave de cauda longa que soam mais naturais. Em última análise, as pessoas vão buscar conteúdos de nicho que tocamdiretamente nas suas necessidades, e seu conteúdo tem que considerar isso.

O que é hiperlocalidade?

Os resultados de buscas hiperlocais vão um passo além de resultados meramente locais. Embora os resultados da pesquisa local possam listar todas as agências bancárias e caixas eletrônicos em uma cidade específica, por exemplo, um resultado de pesquisa hiperlocal informa qual agência está mais próxima de você agora.

Isso já é comum para caixas eletrônicos, restaurantes e a grande maioria das empresas de serviços, mas em breve este tipo de pesquisa se tornará mais comum em todos os outros setores, inclusive no varejo. Alguém à procura de uma marca específica de cabo HDMI para a sua televisão quer saber a loja mais próxima que tem aquele cabo em estoque neste instante, e a combinação das tecnologias listadas acima tornará possível fazer exatamente isso.

Seu conteúdo web terá que interagir o máximo possível com essas demandas de nicho. Investir na sua estratégia de marketing digital agora é a melhor forma de gerar retornos de SEO no futuro, sempre buscando aproveitar ao máximo essas tecnologias disruptivas.